Poesia Portuguesa

Poemas em Português

O Dinheiro

O dinheiro é tão bonito, Tão bonito, o maganão! Tem tanta graça, o maldito, Tem tanto chiste, o ladrão! O […]

Attracção

Meus olhos sempre inquietos Que posso até dizer, Só acham n’alma objectos Que os possam entreter; Meus olhos… coisa rara! […]

Sêde de Amor

I Vi-te uma vez e (novo Extranho caso foi!) Por entre tanto povo… Tanta mulher… Suppõe Que mãe estremecida Via […]

N’um Album

É esta vida um mar; e n’este mar Qual é o astro que nos alumia? Que norte, estrella ou bussola […]

Hino de Amor

Andava um dia Em pequenino Nos arredores De Nazaré, Em companhia De São José, O bom Jesus, O Deus Menino. […]

Adeus Tranças Cor de Ouro

Adeus tranças cor de ouro, Adeus peito cor de neve! Adeus cofre onde estar deve Escondido o meu tesouro! Adeus […]

Sol do Meu Dia

Se eu fosse nuvem tinha imensa mágoa Não te servindo de asas maternais Que te pudessem abrigar da água Que […]

Adeus

A ti, que em astros desenhei nos céos, A ti, que em nuvens desenhei nos ares, A ti, que em […]

Lamento

Senhor! Senhor! que um ai nunca me ouviste Na minha dôr! Ai vida, vida minha, como és triste!… Senhor! Senhor! […]

O Seu Nome

I Ella não sabe a luz suave e pura Que derrama n’uma alma acostumada A não vêr nunca a luz […]

Sympatia

Olhas-me tu Constantemente: D’ahi concluo Que essa alma sente!… Que ama, não zomba, Como é vulgar; Que é uma pomba […]

Amor Místico

Quando a minha alma nasceu Para onde olhou primeiro, E viu tudo um nevoeiro, Foi lá cima para o céu… […]

Amo-te Muito, Muito!

Amo-te muito, muito! Reluz-me o paraíso Num teu olhar fortuito, Num teu fugaz sorriso! Quando em silêncio finges Que um […]

Saudade

Tu és o cálix; Eu, o orvalho! Se me não vales, Eu o que valho? Eu se em ti caio […]

Paixão

Supõe que de uma praia, rocha ou monte, Com essa vista embaciada e turva Que dá aos olhos entranhável dor, […]

A um Retrato

Amo-te, flor! Se te amo, Deus que o sabe Que o diga a teus irmãos, que o Céu povoam E […]

A Caridade

Eu podia falar todas as línguas Dos homens e dos anjos; Logo que não tivesse caridade, Já não passava de […]

Sempre!

Pensas que te não vejo a ti? Bom era! Gravei tão vivamente n’alma a dôce E bella imagem tua, que […]

Mãe e Filho

Primícias do meu amor! Meu filhinho do meu seio Tenro fruto que à luz veio Como à luz da aurora […]

Beijo

Beijo na face Pede-se e dá-se: Dá? Que custa um beijo? Não tenha pejo: Vá! Um beijo é culpa, Que […]

Página 1 de 212