Poesia Portuguesa

Poemas em Português

O Frio Especial

O frio especial das manhãs de viagem, A angústia da partida, carnal no arrepanhar Que vai do coração à pele, […]

Estou Cansado

Estou cansado, é claro, Porque, a certa altura, a gente tem que estar cansado. De que estou cansado, não sei: […]

Ora Até que Enfim

Ora até que enfim…, perfeitamente… Cá está ela! Tenho a loucura exatamente na cabeça. Meu coração estourou como uma bomba […]

Gostava de Gostar de Gostar

Gostava de gostar de gostar. Um momento… Dá-me de ali um cigarro, Do maço em cima da mesa de cabeceira. […]

Magnificat

Quando é que passará esta noite interna, o universo, E eu, a minha alma, terei o meu dia? Quando é […]

Adiamento

Depois de amanhã, sim, só depois de amanhã… Levarei amanhã a pensar em depois de amanhã, E assim será possível; […]

Insónia

Não durmo, nem espero dormir. Nem na morte espero dormir. Espera-me uma insónia da largura dos astros, E um bocejo […]

O Ter Deveres

O ter deveres, que prolixa coisa! Agora tenho eu que estar à uma menos cinco Na Estação do Rossio, tabuleiro […]

Que Noite Serena!

Que noite serena! Que lindo luar! Que linda barquinha Bailando no mar! Suave, todo o passado – o que foi […]

A Casa Branca Nau Preta

Estou reclinado na poltrona, é tarde, o Verão apagou-se… Nem sonho, nem cismo, um torpor alastra em meu cérebro… Não […]

Ah, um Soneto

Meu coração é um almirante louco que abandonou a profissão do mar e que a vai relembrando pouco a pouco […]

Reticências

Arrumar a vida, pôr prateleiras na vontade e na acção. Quero fazer isto agora, como sempre quis, com o mesmo […]

Gazetilha

Dos LLOYD GEORGES da Babilônia Não reza a história nada. Dos Briands da Assíria ou do Egito, Dos Trotskys de […]

A Sensibilidade Humanizada

Que lindos olhos de azúl inocente os do pequenito do agiota! Santo Deus, que entroncamento esta vida! Tive sempre, feliz […]

Realidade

Sim, passava aqui frequentemente há vinte anos… Nada está mudado – ou, pelo menos, não dou por isto – Nesta […]

Nuvens

No dia triste o meu coração mais triste que o dia… Obrigações morais e civis? Complexidade de deveres, de consequências? […]

Cansaço

O que há em mim é sobretudo cansaço – Não disto nem daquilo, Nem sequer de tudo ou de nada: […]

Lisboa

Lisboa com suas casas De várias cores, Lisboa com suas casas De várias cores, Lisboa com suas casas De várias […]

Página 1 de 512345