Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Noite do Roubo

A quem foram roubar os pobres trapos: A mim, que sou humilde pobrezinho? Olhem bem que o valor desses farrapos […]

Provençal

Em um solar de algum dia Cheiinho de alma e valia, Foi ali Que ao gosto de olhos a vi […]

Cantigas

1 Não há pressas, nem demoras, No coração das cantigas; Nem os relógios dão horas Quando cantam raparigas. 2 Como […]

Natal

Turvou-se de penumbra o dia cedo; Nem o sol apertou no meu beiral! Que longas horas de Jesus! Natal… E […]

Inscrição

Dos vastos horizontes me invocaram, Noutras formas artísticas imersos, Revoltos pensamentos que formaram Todo o amor e pureza dos meus […]

Horas de Saudade

Vou de luar em rosto, descontente: Meus olhos choram lágrimas de sal. – Adeus, terras e moças do casal, – […]

In Extremis

1 Só a criança conhece a Eternidade Que é inocência do desconhecido. E o que me dá saudade É havê-la […]

Hora Mística

Noite caindo… Céu de fogo e flores. Voz de Crepúsculo exalando cores, O céu vai cheio de Deus e de […]

Riso

Tive o jeito de rir, quando menino, Até beber as lágrimas choradas: Com carantonhas, gestos, desatino, Passou a nuvem e […]

Page 1 of 212