Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Nada Somos que Valha

Flores que colho, ou deixo, Vosso destino é o mesmo. Via que sigo, chegas Não sei aonde eu chego. Nada […]

Tarda o que Espera

Não quero as oferendas Com que fingis, sinceros, Dar-me os dons que me dais. Dais-me o que perderei, Chorando-o, duas […]

Não Quero Mais que o Dado

Do que quero renego, se o querê-lo Me pesa na vontade. Nada que haja Vale que lhe concedamos Uma atenção […]

Mortos, Ainda Morremos

O rastro breve que das ervas moles Ergue o pé findo, o eco que oco coa, A sombra que se […]

Nada Fica de Nada

Nada fica de nada. Nada somos. Um pouco ao sol e ao ar nos atrasamos Da irrespirável treva que nos […]

O Infecundo Abismo

De novo traz as aparentes novas Flores o verão novo, e novamente Verdesce a cor antiga Das folhas redivivas. Não […]

Tenho Mais Almas que Uma

Vivem em nós inúmeros; Se penso ou sinto, ignoro Quem é que pensa ou sente. Sou somente o lugar Onde […]

Os Grandes Indiferentes

Ouvi contar que outrora, quando a Pérsia Tinha não sei qual guerra, Quando a invasão ardia na cidade E as […]

Página 1 de 6123456