Poesia Portuguesa

Poemas em Português



Poema Cabra-Cega

À volta de incerto fogo
Brincaram as minhas mãos.
… E foi a vida o seu jogo!

Julguei possuir estrelas
Só por vê-las.
Ai! Como estrelas andaram
Misteriosas e distantes
As almas que me encantaram
Por instantes!

Em ritmo discreto, brando,
Fui brincando, fui brincando
Com o amor, com a vaidade…

– E a que sentimentos vãos
Fiquei devendo talvez
A minha felicidade!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 4,00 out of 5)

Poema Cabra-Cega - Pedro Homem de Mello