Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Nevermore

Ah, lembrança, lembrança, que me queres? O Outono Fazia voar os tordos plo ar desmaiado E o sol dardejava um […]

Sabedoria I, III

Que dizes, viajante, de estações, países? Colheste ao menos tédio, já que está maduro, Tu, que vejo a fumar charutos […]

Conversa Sentimental

No velho parque deserto e gelado Duas formas passaram há bocado. Com os olhos mortos e os lábios moles, Mal […]

O Amor no Chão

O vento da outra noite derrubou o Amor Que, no mais misterioso recanto do parque, Nos sorria, ao esticar malignamente […]

A Angústia

Nada em ti me comove, Natureza, nem Faustos das madrugadas, nem campos fecundos, Nem pastorais do Sul, com o seu […]

Il Bacio

O Beijo! malva-rosa em jardim de carícias! Vivo acompanhamento no piano dos dentes Dos refrãos que Amor canta nas almas […]

A uma Mulher

Pra vós são estes versos, pla consoladora Graça dos olhos onde chora e ri um sonho Doce, pla vossa alma […]

Voto

Ah! primeiras amantes! oaristos!, dourados Cabelos, o azul dos olhos, carne em flor De corpos juvenis, e entre o seu […]

Lassidão

Ah, por favor, doçura, doçura, doçura! Acalma esses arroubos febris, minha bela. Mesmo em grandes folguedos, a amante só deve […]