Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Velhas Árvores

Olha estas velhas árvores, mais belas Do que as árvores novas, mais amigas: Tanto mais belas quanto mais antigas, Vencedoras […]

A Voz do Amor

Nessa pupila rútila e molhada, Refúgio arcano e sacro da Ternura, A ampla noite do gozo e da loucura Se […]

Requiescat

Por que me vens, com o mesmo riso, Por que me vens, com a mesma voz, Lembrar aquele Paraíso, Extinto […]

Baladas Românticas – Negra

Possas chorar, arrependida, Vendo a saudade que aqui vai! Vê que inda, negro, da ferida Aos borbotões o sangue cai… […]

Língua Portuguesa

Última flor do Lácio, inculta e bela, És, a um tempo, esplendor e sepultura: Ouro nativo, que na ganga impura […]

Rei Destronado

O teu lugar vazão!… E esteve cheio, Cheio de mocidade e de ternura! Como brilhava a tua formosura! Que luz […]

Dormindo

De qual de vós desceu para o exílio do mundo A alma desta mulher, astros do céu profundo? Dorme talvez […]

Velha Página

Chove. Que mágoa lá fora! Que mágoa! Embruscam-se os ares Sobre este rio que chora Velhos e eternos pesares. E […]

Surdina

No ar sossegado um sino canta, Um sino canta no ar sombrio… Pálida, Vênus se levanta… Que frio! Um sino […]

Page 1 of 212