Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Enlevo

Porque esse olhar de sombra de temor Se perde em mim, às horas do sol posto, Quando é de âmbar […]

Ausência

Nas horas do poente, Os bronzes sonolentos, – pastores das ascéticas planuras – Lançam este pregão ao soluçar dos ventos, […]