Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Fiei-me nos Sorrisos da Ventura

Fiei-me nos sorrisos da ventura, Em mimos feminis, como fui louco! Vi raiar o prazer; porém tão pouco Momentâneo relâmpago […]

Olhos Suaves, que em Suaves Dias

Olhos suaves, que em suaves dias Vi nos meus tantas vezes empregados; Vista, que sobra esta alma despedias Deleitosos farpões, […]

Soneto Ditado na Agonia

Já Bocage não sou!… À cova escura Meu estro vai parar desfeito em vento… Eu aos Céus ultrajei! O meu […]

Autobiografia

De cerúleo gabão não bem coberto, passeia em Santarém chuchado moço, mantido, às vezes, de sucinto almoço, de ceia casual, […]

Tu, Vã Filosofia

Tu, vã Filosofia, embora aviltes Os crentes nas visões do pensamento, Turvo clarão de raciocínios tristes Por entre sombras nos […]

Lusos Heróis, Cadáveres Cediços

Lusos heróis, cadáveres cediços, Erguei-vos dentre o pó, sombras honradas, Surgi, vinde exercer as mãos mirradas Nestes vis, nestes cães, […]

Nascemos para Amar

Nascemos para amar; a Humanidade Vai, tarde ou cedo, aos laços da ternura. Tu és doce atractivo, ó Formosura, Que […]

Aos Mesmos

De insípida sessão no inútil dia Juntou-se do Parnaso a galegage; Em frase hirsuta, em gótica linguage, Belmiro um ditirambo […]

A Rosa

Tu, flor de Vénus, Corada Rosa, Leda, fragrante, Pura, mimosa, Tu, que envergonhas As outras flores, Tens menos graça Que […]

Se é Doce

Se é doce no recente, ameno Estio Ver toucar-se a manhã de etéreas flores, E, lambendo as areias e os […]

Página 1 de 212