Poesia Portuguesa

Poemas em Português

O Corpo Insurrecto

Sendo com o seu ouro, aurífero, o corpo é insurrecto. Consome-se, combustível, no sexo, boca e recto. Ainda antes que […]

Desinferno II

Caísse a montanha e do oiro o brilho O meigo jardim abolisse a flor A mãe desmoesse as carnes do […]

Álbum de Família

Reconheço a mãe comia legumes vivia roendo entre um cheiro herbívoro dizendo “como vegetais por vício” a minha outra mãe […]