Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Os Porquês do Amor

Céu, porque tão convulso e consternado Me bate, ao Vê-la, o coração no peito? Porque pasma entre os beiços congelado, […]

Já quasi até Morria

Já quasi até morria C’os olhos nos da amada. E ela que se sentia Não menos abrasada: – “Ai, caro […]