Poesia Portuguesa

Poemas em Português



Poema Ao Espelho

E de repente chegas aos
quarenta e tal anos

e palavras como colesterol
hipertensão astigmatismo

começam a invadir a tua
vida… Olhas para trás e

o que vês? Uma pomba
com uma das asas ferida

condenada ao mais terrí –
vel pedestrianismo


Poema Ao Espelho - Jorge de Sousa Braga