Poesia Portuguesa

Poemas em Português



Poema Traço Escuro

Quando os dias sangram
e a parede branca é conspurcada
com o carvão das brumas,
com o arquejar de quem, frágil, flutua
entre as vides do sol e o langor
das luas,
apago as luzes todas e o caminho
torna-se um traço escuro que ressoa.


Poema Traço Escuro - João Rui de Sousa