Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Ar

Vivificante ar, pai da existência, Assopro animador do Autor Divino, Deste nosso subtil moto contino Composto, onde um Deus pôs […]

Fogo

Faísca luminar da etérea chama Que acendes nossa máquina vivente, Que fazes nossa vista refulgente Com eléctrico gás, com subtil […]

Deus, Infinito Ser

Deus, Infinito ser, nunca criado, Sem princípio, nem fim, na Majestade Que no trono da Eterna Divindade Tens o Mundo […]

O Tempo Gastador de Mil Idades

O Tempo gastador de mil idades, Que na décima esfera vive e mora, Não descansa co’a Fúria tragadora, De exercitar, […]

À Discórdia

Pouco importa amarrar com mão valente A Discórdia infernal, com cem cadeias, Que ela tem subtilezas, tem ideias De saber […]

Paraíso

Sala imensa de luz, que o pavimento Uma esmeralda é só, que tem por tecto Inteiriça safira, que o Arquitecto […]

Página 1 de 212