Poesia Portuguesa

Poemas em Português



Poema Fogo Fátuo

Enquanto caminhávamos
parei um pouco dentro de mim
e me invadiu tua brusca mocidade.
Algo em ti pungiu-me:
a teu lado, as casas,
o ar, o amigo apodreciam e
tu, sozinho, ileso pairavas no momento.


Poema Fogo Fátuo - Francisco Alvim