Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Vozes da Noite

Vozes na Noite! Quem fala Com tanto ardor, tanto afã? Falou o Grilo primeiro, Logo depois foi a Rã. Pobre […]

Sinfonia de Cor

Sempre defronte de mim o mar azul, o mar imenso, o mar sem fim, todo igual e azul até ao […]

Ergo Meus Olhos

Ergo meus olhos vagos, na distância Da sombra do meu Ser… Pairam de mim além, e a minha Ânsia Cansa […]