Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Vem, oh Noite Sombria

Vem, oh noite sombria, e revolvendo O longo açoite, que à carreira acende As fuscas Éguas, sobre a terra estende […]

Corre, Já entre Serras Escarpadas

Corre, já entre serras escarpadas, Já sobre largos campos, murmurando. o Tieté, e, as águas engrossando, soberbo alaga as margens […]