Poesia Portuguesa

Poemas em Português

A Manhã Raia

A manhã raia. Não: a manhã não raia. A manhã é uma coisa abstracta, está, não é uma coisa. Começamos […]

Ter Certeza é não Estar Vendo

Primeiro prenúncio de trovoada de depois de amanhã. As primeiras nuvens, brancas, pairam baixas no céu mortiço, Da trovoada de […]

A Noite É Muito Escura

É noite. A noite é muito escura. Numa casa a uma grande distância Brilha a luz duma janela. Vejo-a, e […]

A Neve

A NEVE PÔS uma toalha calada sobre tudo. Não se sente senão o que se passa dentro de casa. Embrulho-me […]

A Mentira Está em Ti

“Olá, guardador de rebanhos, Aí à beira da estrada, Que te diz o vento que passa?” “Que é vento, e […]

Não Tenho Pressa

Não tenho pressa. Pressa de quê? Não têm pressa o sol e a lua: estão certos. Ter pressa é crer […]

Deste Modo ou daquele Modo

Deste modo ou daquele modo. Conforme calha ou não calha. Podendo às vezes dizer o que penso, E outras vezes […]

Num Dia Excessivamente Nítido

Num dia excessivamente nítido, Dia em que dava a vontade de ter trabalhado muito Para nele não trabalhar nada, Entrevi, […]

Se Eu Morrer Novo

Se eu morrer novo, Sem poder publicar livro nenhum, Sem ver a cara que têm os meus versos em letra […]

Página 3 de 6123456