Poesia Portuguesa

Poemas em Português

Pernoitas em Mim

pernoitas em mim e se por acaso te toco a memória… amas ou finges morrer pressinto o aroma luminoso dos […]

Os Amigos

no regresso encontrei aqueles que haviam estendido o sedento corpo sobre infindáveis areias tinham os gestos lentos das feras amansadas […]

Rumor dos Fogos

hoje à noite avistei sobre a folha de papel o dragão em celulóide da infância escuro como o interior polposo […]

Visita-me Enquanto não Envelheço

visita-me enquanto não envelheço toma estas palavras cheias de medo e surpreende-me com teu rosto de Modigliani suicidado tenho uma […]

Cromo

andamos pelo mundo experimentando a morte dos brancos cabelos das palavras atravessamos a vida com o nome do medo e […]

Corpo

corpo que te seja leve o peso das estrelas e de tua boca irrompa a inocência nua dum lírio cujo […]

Ofício de Amar

já não necessito de ti tenho a companhia nocturna dos animais e a peste tenho o grão doente das cidades […]